CONFECÇÃO DE UMA COMUNICAÇÃO DE ESTUDO DE CASO POLICIAL

Artigos

CONFECÇÃO DE UMA COMUNICAÇÃO DE ESTUDO DE CASO POLICIAL

Aldo Antonio dos Santos Junior[1]

Camylly Lira Silva[2]

Aldo Antonio Hostins dos Santos[3]

RESUMO

A ciência policial, por se caracterizar como sendo social aplicada do tipo ex post facto se consubstancia no devir da atividade policial num determinado contexto devidamente delimitado, uma vez que a variação de cultura sucede de acordo com o espaço geográfico, preliminarmente. Os estudos de caso policial essencialmente devem ser elaborados de modo individualizado, uma vez que se focam originariamente num ponto de convergência único, devem possuir uma elaboração estruturada na apresentação; veracidade com referência à comunicação policial; histórico social; ocorrências policiais já assistidas no local; programas de prevenção; levantamentos acerca da sensação de segurança e validação geral das atividades policiais. O presente artigo de revisão tem por objetivo apresentar informações a todos os operadores do sistema de justiça criminal que possuem interesse na construção de uma comunicação de estudo de caso policial para a difusão de conformações acerca da prática policial que se consagrem relevantes para o crescimento da ciência policial.

Palavras chaves: Estudo de caso policial. Ciência policial. Metodologia.



[1] Coronel da PMSC. Comandante da 9ª RPM – Fronteira. Mestre em Relações Econômicas e Sociais Internacionais – UMINHO, Portugal. E-mail: a2067@ibest.com.br

[2] Estudante de estratégia internacional – BHM -  E-mail: canyllylira2001@gmail.com

[3] Graduando em Ciências da Computação – UNIVALI, Itajaí – SC. E-mail: drdinu@gmail.com

LER ARTIGO COMPLETO ACESSAR O LINK ABAIXO:

http://www.feneme.org.br//th-arquivos/DOWN_101728CONFECcO_DE_UMA_COMUNICAcO_DE_ESTUDO_DE_CASO_POLICIAL.pdf